26 de abril de 2010

A Unção do Espirito Santo

Temos afirmado que a qualidade de vida de uma pessoa depende de suas escolhas, ou seja, cada um colhe aquilo que planta. Se tomarmos a decisão correta, colheremos vitória. Todavia, se fizermos uma escolha errada, o fracasso é inevitável.

O mesmo acontece em relação à fé! A Palavra de Deus promete: “Recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo” (Atos 1.8). Portanto, o Espírito Santo é o poder do próprio Deus no interior da pessoa, que dá a ela condições de enfrentar os problemas e vencer todo e qualquer obstáculo que surja em sua vida.

Ora, se você crê em Deus, tem o direito de receber esse Espírito de poder. Mas, para isso, é necessário desejá-lo, buscá-lo e, acima de tudo, estar disposto a obedecê-lo.

Infelizmente, o que temos visto são inúmeras pessoas que dizem ter fé, mas que vivem deprimidas, angustiadas, sofrendo com doenças e dores no corpo, passando por todo tipo de privações e, em alguns casos, chegando ao extremo de atentarem contra a própria vida.

Por que isso acontece? Porque, na realidade, esses indivíduos estão à mercê de um outro tipo de poder: o do mal. Esse espírito maligno se aproveita da fraqueza humana e faz a pessoa acreditar que o sofrimento é um carma, ao qual deve submeter-se; faz com que dê crédito a palavras contrárias e aos pensamentos negativos. Enfim, é o poder do mal que mina e enfraquece a fé daqueles que ainda não foram ungidos com o Espírito de Deus
Vale aqui ressaltar que crer em Deus é uma coisa, ser ungido por Ele é outra, pois receber o Espírito Santo significa receber também a unção que identifica a pessoa como propriedade exclusiva de Deus. É essa unção que dá a certeza de que mesmo que o mal se levante contra ela, o Senhor Jesus lhe dará vitória

Foi o que aconteceu com Davi! Quando o profeta chegou à casa de seu pai e ungiu sua cabeça com óleo, imediatamente o Espírito Santo veio sobre ele, dando a Davi coragem e poder para enfrentar e vencer Golias.

Descreve a Bíblia que o exército de Israel, mesmo tendo fé, armas e experiência em guerra, teve medo de enfrentar o gigante. Porém, Davi, que era apenas um jovem franzino e, aos olhos humanos, sem condições de vencer aquela batalha, não se acovardou diante do perigo, pois tinha sobre si a unção do Espírito Santo.

Portanto, o que faz a diferença não é sua condição social, a cor da sua pele ou a opinião das pessoas a seu respeito, mas sim, o espírito que habita dentro de você. Por isso, quando você tem acesso à Palavra de Deus, seja por intermédio desta mensagem ou das reuniões na Igreja Universal, sua mente se renova e se abre para receber os pensamentos de Deus.

Amigo leitor, o Senhor Jesus disse: “Sem mim, nada podeis fazer” (João 15.5) e Ele quer estar dentro de você, na pessoa do Espírito Santo. Saiba que o seu problema pode ser gigantesco, mas se você buscar receber essa unção especial, se tornará forte para vencê-lo e deixará de depender dos outros para contar, única e exclusivamente, com Deus.

Bispo Romualdo Panceiro

0 comentários:

Postar um comentário